Imprensa Oficial de Alagoas — CEPAL

Maurício Bugarim assume presidência da Imprensa Oficial Graciliano Ramos

Myllena Diniz
...

Nesta segunda-feira (9), Maurício Bugarim assume o comando da Companhia de Edição, Impressão e Publicação de Alagoas (Cepal), também conhecida como Imprensa Oficial Graciliano Ramos. Com formação em Gestão Pública, o novo diretor-presidente passa a administrar o órgão, após dois anos como Secretário Executivo de Gestão Interna da Secretaria de Estado da Infraestrutura.

Bugarim soma à equipe da Imprensa Oficial experiência, competência e um histórico promissor no poder público. No currículo, o gestor também acumula passagens por outras grandes instituições, como Tribunal de Contas de Alagoas, Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados.

Sobre as expectativas à frente do órgão, Bugarim destacou o compromisso em manter a política de incentivo à produção literária, implementada nos últimos anos, com a manutenção dos editais de produção literária e das ações de fomento à literatura infantil, além do aprimoramento da gestão de qualidade.

“A Imprensa Oficial desempenha um papel fundamental para o Estado de Alagoas, por meio de três linhas de frente: Diário Oficial, Gráfica e Editora. No que tange ao Diário, já somos o segundo do Nordeste com o selo ISO 9001:2015, o que representa a política de qualidade que já é aplicada ao nosso serviço, que, há mais de cem anos, é o principal guardião das informações de Alagoas. Então, precisamos não apenas manter esse padrão e essa referência, mas atuar na melhoria constante desse pilar, que é o coração da empresa”, ressaltou Bugarim.

O diretor-presidente também reforçou a importância de um olhar atento para os demais segmentos da Imprensa Oficial. “Esse mesmo padrão deve ser replicado em nosso Parque Gráfico, para suprir as demandas dos nossos clientes, não só na esfera pública, mas na privada também. E, sobretudo, reforçamos nosso compromisso com a editora, que é o braço social do Governo de Alagoas e que tem sido uma importante fomentadora da produção literária em nosso Estado”, salientou.